Para a Wikipédia, o doutor está na sala… de aula

Imagem: Modifica a partir do Noun project 579.svg por Jack Biesek, Gladys Brenner, Margaret Faye, Healther Merrifield, Kate Keating, Wendy Olmstead, Todd Pierce, Jamie Cowgill e Jim Bolek – The Noun Project, CC0.
Imagem: Modificada a partir do Noun project 579.svg por Jack Biesek, Gladys Brenner, Margaret Faye, Healther Merrifield, Kate Keating, Wendy Olmstead, Todd Pierce, Jamie Cowgill e Jim Bolek – The Noun Project, CC0.

Por Eryk Salvaggio, tradução de David Alves

Quando a maioria das pessoas quer entender os efeitos colaterais de um medicamento ou diagnosticar uma nova dor ou erupção cutânea, a primeira linha de investigação para conselhos médicos é um doutor chamado Google.

Muitas – se não a maioria – dessas buscas acaba na Wikipédia. A enciclopédia online tem 25.000 artigos de medicina, vistos por mais de 200 milhões de pessoas por mês.

A Wikipédia é uma fonte de informação sobre saúde mais popular que o NIH (National Institutes of Health, dos EUA), WebMD, MayoClinic, NHS (National Health Service, do Reino Unido) e a WHO (Organização Mundial da Saúde).
A Wikipédia é uma fonte de informação sobre saúde mais popular que o NIH* (National Institutes of Health), WebMD, MayoClinic, NHS** (National Health Service) e a WHO*** (Organização Mundial da Saúde). (1)

Quase 8.000 artigos farmacológicos são acessados 40 milhões de vezes. Ao redor do globo, informações médicas na Wikipédia alcançaram surpreendentes 4,8 bilhões de page views em 2013. Só nos Estados Unidos, as buscas relacionadas à saúde na Wikipédia superaram websites como o NIH (Instituto Nacional de Saúde), WebMD e Mayo Clinic.

Não são apenas pacientes. A Wikipédia foi descrita como “a principal fonte individual de informação sobre cuidados com a saúde para pacientes e profissionais da saúde” em 2014.

Para o bem ou para o mal, as pessoas estão se voltando para a Wikipédia para conselhos médicos. Isso inspirou muitas demonstrações de preocupação vindas da comunidade médica. O que pode ser feito?

O Dr. Amin Azzam, um professor de psiquiatria na Escola de Medicina da Universidade da Califórnia em São Francisco (UCSF), viu uma oportunidade. Ele está lançando uma nova solução sugerida para ele por ex-alunos: atribuir a estudantes de medicina a tarefa de aprimorar artigos médicos na Wikipédia. Esses alunos aprendem habilidades de comunicação essenciais a qualquer profissional da saúde praticante, e eles melhoram o acesso do público a conhecimento preciso e confiável sobre saúde e doenças.

Os resultados dos três primeiros ciclos do curso de edição da Wikipédia do Dr. Azzam serão publicados ainda esse ano em um importante jornal de educação de medicina.

O impacto: os artigos medicos abordados por somente 28 estudantes foram vistos 975.000 vezes apenas durante o tempo que os estudantes estavam ativamente editando. Tais alunos objetivamente melhoraram o nível de informação encontrado por lá.  O manuscrito examina os resultados com base na escala de qualidade do WikiProject Medicine, assim como uma avaliação por um painel de médicos afiliados à UCSF.

Em outras palavras, está funcionando.

O doutor está na sala (de aula)

O Dr. Amin Azzam discute o seu uso da Wikipédia com seus alunos em 2015.
O Dr. Amin Azzam discute o seu uso da Wikipédia com seus alunos em 2015.

O curso adiciona um elemento que de outra forma estaria faltando edição médica da Wikipédia: a supervisão de especialistas, formados em medicina, canalizados para melhorar a Wikipédia.

“O parceiro historicamente ausente nesta colaboração tem sido a academia – e é isso que nós estamos tentando mudar com este curso”, disse o Dr. Azzam. “Deve ser parte do contrato social de um médico fornecer informações de saúde de alta qualidade em repositórios abertos como Wikipédia.”

Trabalhando com estudantes de medicina do quarto ano, o Dr. Azzam atribuiu aos seus alunos artigos da Wikipédia a partir de uma lista dos 100 artigos mais lidos, conforme definido pelo WikiProject Medicine, um parceiro crucial para o curso. O Dr. Azzam coloca os alunos para trabalhar checando os dados no conteúdo de um artigo, e adicionando seções que estão faltando. Nesse semestre, todos os seus sete alunos colaboraram em um único artigo: hepatite.

É difícil imaginar uma sala de aula melhor para este tipo de tarefa. É o último ano deles na faculdade de medicina, assim os estudantes estão bem versados nos fundamentos das ciências médicas. Todos passaram a primeira parte dos exames de licenciamento médico, e muitos passaram a segunda. Todos eles passaram por diferentes partes de hospitais e clínicas, tais como clínica médica, cirurgia, pediatria, psiquiatria, medicina familiar, e obstetrícia e ginecologia.

“Como resultado de todo esse treinamento, meus estudantes de medicina são qualificados para melhorarem o conteúdo médico e de saúde nas páginas da Wikipédia”, disse Azzam.

O impacto na Wikipédia em inglês é enorme. Mas o projeto se expandiu ainda mais por meio de uma parceria com o Tradutores Sem Fronteiras. Esse grupo traduz os 100 principais artigos médicos para 100 línguas. Isso significa que o trabalho do aluno na Wikipédia tem um impacto sobre o acesso global à informação sobre saúde.

“Eu gostei da ideia de deixar a minha marca na Wikipédia”, disse Michael Perez, um estudante de medicina do 4º ano atualmente matriculado no curso do Dr. Azzam. “(Eu estou) fornecendo informações médicas confiáveis para as pessoas que não têm a quantidade modesta de conhecimento médico que eu ganhei ao longo dos últimos quatro anos”.

Quando começou, o Dr. Azzam admite que até mesmo ele estava cético. Mas este mês, ele e os co-autores de um artigo sobre o curso foram premiados com o Prêmio Cooke para o Conhecimento de Ensino e Aprendizagem da Academia de Educadores Médicos da UCSF.

Isso é um reflexo de uma tendência mais ampla: aumentar a aceitação da Wikipédia na medicina e na academia.

A receita para a comunicação médica

A Fundação Wiki para a Educação, que apoia curso do Dr. Azzam na UCSF, tem trabalhado com centenas de salas de aula em todo os Estados Unidos e Canadá. Nós vemos aquecimento nas relações entre o meio acadêmico e a Wikipédia, assim como a nossa parceria com a Associação para a Ciência Psicológica.

Assim como os acadêmicos se interessam mais pelo papel da Wikipédia em uma sala de aula, os médicos especialistas têm se interessado pela Wikipédia. Um importante ponto de virada foi o notável artigo da Wikipédia sobre Ebola durante o surto de 2014. Esta página foi atualizada com sucesso pelos esforços do WikiProject Medicine, que monitorou a página.

Esta pode ter sido a primeira exposição do público sobre como o conteúdo médico entra na Wikipédia em primeiro lugar. Ainda há uma sensação de que a Wikipédia é editada querendo ou não por qualquer pessoa com um mouse para clicar e um teclado para digitar. Isso simplesmente não é o caso. Edições nos artigos de maior tráfego requerem propostas em uma página de discussão, independente do artigo principal. Todo o conteúdo deve ser citado para uma fonte de informação confiável e crível. Estas citações são mantidas sob padrões acadêmicos rigorosos, e serão rapidamente eliminadas se não passarem a inspeção.

“Uma das coisas que mais me surpreendeu sobre a Wikipédia e a comunidade foi que o processo de inserção de fontes e citações é extremamente rigoroso”, disse Van Nguyen, um estudante de medicina do quarto ano no curso do Dr. Azzam deste período. Ela disse que considera que este processo seja uma das maiores forças da Wikipédia. “Como editora, eu sou responsável por esta verificação, eu decido o que é e o que não é uma fonte de informação digna. Essa foi uma tarefa inspiradora e também assustadora”.

Este processo é exatamente o por que a edição médica é uma valiosa experiência de aprendizagem para os alunos experientes em pequenos ajustes, com supervisão dedicada de um perito. Os alunos estão flexionando seus músculos acadêmicos quando propõem edições para inclusão, seleção de fontes e avaliação do conteúdo existente.

É também uma grande oportunidade para praticar a inestimável habilidade de explicar temas médicos complicados para uma audiência geral. Este é o lugar onde os pontos fracos entram em jogo.

“Eu poderia entender muito do [conteúdo médico da Wikipédia], depois de dois anos de educação médica!”, disse Alicia Adams, uma estudante do quarto ano de Medicina na classe do Dr. Azzam na primavera de 2016. Mas ela se perguntou se era significativo compartilhar informações de uma forma que só era acessível a pessoas com formação avançada em medicina. “Isso não é compartilhar conhecimento. Eu acho que pode isolar o conteúdo médico da Wikipédia de pessoas que podem se beneficiar dele”.

Nguyen concordou. Ela vê isso na curiosidade sobre medicina de sua própria família, apesar da falta de treinamento. A comunicação da informação médica aos pacientes de uma forma significativa, segundo ela, foi uma tarefa difícil, mas importante.

“A parte mais interessante disso para mim foi olhar para estes artigos com uma visão crítica e tentar traduzir o nosso conhecimento médico em algo acessível”, disse Nguyen.

Participe

YoSWordpresslogo170x153O Dr. Azzam disse que uma das melhores maneiras para outros instrutores médicos se envolverem é através de uma parceria com a Fundação Wiki para a Educação.

“Eles têm recursos incríveis e infraestrutura para otimizar o valor da edição da Wikipédia dentro do seu contexto local”, disse ele. “O painel de cursos fornece facilmente a capacidade de projetar uma atribuição, atribuir páginas específicas da Wikipédia aos estudantes, seguir a revisão dos colegas, e monitorar a atividade dos alunos tanto no plano individual quanto coletivo”.

Ele também enfatizou a importância de trabalhar com um bibliotecário da universidade, ou ainda, trabalhar com ele.

“Seus bibliotecários locais podem ajudar seus alunos a otimizar suas estratégias de pesquisa com os recursos disponíveis em sua instituição. Além disso, uma vez que estou tão pessoalmente comprometido com este conceito, eu também estou disponível para trabalhar com outros membros do corpo docente da escola de profissionais de saúde que gostariam de criar um curso ou tarefa similar”.

A Fundação Wiki para a Educação tem orgulho de estar colaborando com o Dr. Azzam para produzir uma série de vídeos que ajudem as salas de aula a acessar, avaliar, escrever e revisar conteúdos relacionados a saúde na Wikipédia. Nosso objetivo é tornar mais fácil para mais cursos como o do Dr. Azzam contribuírem com conteúdo médico de alta qualidade na Wikipédia.

Esse projeto se encaixa perfeitamente em nossa iniciativa do Ano da Ciência, que tem como objetivo fazer melhorias em toda a cobertura de ciência da Wikipédia, e melhorar a qualidade do conhecimento aberto que qualquer pessoa pode acessar. Sabemos que os alunos se beneficiam, também, considerando-a como a melhor maneira de compartilhar seus conhecimentos com o público em geral.

Isso significa informação médica melhor, mais clara e mais precisa, também.

“Eu acho que deveria ser da responsabilidade dos que têm a educação e o poder torná-los mais palatáveis”, disse Adams. “Eu não estou tão intimidada porque eu sei que os artigos não têm que ser intimidadores. Eu sei disso porque eu estou ajudando escrever um artigo que não será”.

Se você gostaria de se envolver com um projeto Wikipédia similar na sua sala de aula, avise a Wiki Ed. Entre em contato através do e-mail contact@wikiedu.org.


Para o original em inglês, clique aqui. Texto e imagens sob licença CC BY-SA, exceto quando indicado em contrário.

(1) Heilman JM, West AG. Wikipedia and Medicine: Quantifying Readership, Editors, and the Significance of Natural Language. J Med Internet Res. 2015, vol. 17 n. 3, pp. 62.

Anúncios

Uma consideração sobre “Para a Wikipédia, o doutor está na sala… de aula”

  1. “Edições nos artigos de maior tráfego requerem propostas em uma página de discussão, independente do artigo principal.”

    Isso no caso da versão anglófona, que tem um sistema de revisões. Na lusófona só é recomendado propor alterações, não é requerido.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s