Como a escrita colaborativa ajuda a qualidade de artigos da Wikipédia

Openness_in_archaeology

Por David Alves

A cooperação entre os usuários é parte fundamental do sucesso da Wikipédia. É por meio dessa interação entre eles que o conteúdo da enciclopédia online surge e atinge uma qualidade considerada equivalente à de outros materiais com o mesmo teor e amplitude. É importante entender como ocorre o processo da escrita colaborativa que sustenta o site.

Em 2006, Nicolas Auray, Céline Poudat e Pascal Pons se propuseram a investigar o tema dentro da versão francesa da enciclopédia. O artigo de referência é “Democratizing scientific vulgarization. The balance between cooperation and conflict in French Wikipedia”, Observatorio (OBS*) 1.3 (2007).

Segundo os autores, as pesquisas anteriores sobre a Wikipédia sofreram de um problema comum: o tamanho do campo de coleta de dados. Os estudos nos quais se basearam as pesquisas anteriores usaram normalmente uma coleta manual ou semiautomática de informações de verbetes, páginas de discussão ou entrevistas pessoais e questionários online. Essa visualização restrita da comunidade trouxe dúvidas sobre a representatividade dos números apresentados, o que comprometeu também as análises propostas até então. Para contornar essa barreira, os pesquisadores extraíram todo o banco de dados das edições realizadas na Wikipédia francófona, desde o surgimento, em março de 2001, até a data do estudo, em abril de 2006. Esses cinco anos de informações acumuladas, com 317 mil usuários, 400 mil artigos e 6 milhões de edições, deram uma maior abrangência para a pesquisa.

De forma resumida, o artigo que resultou desse trabalho pode ser dividido em duas partes. A primeira delas trata dos padrões de contribuição. Apesar de a Wikipédia unificar o resultado do trabalho dos editores, a comunidade de usuários não é homogênea. Aqui, os pesquisadores traçaram uma distinção básica entre dois tipos de usuários: os contribuidores passageiros (não registrados e pouco ativos) e os membros centrais (registrados e ativos).

A segunda diz respeito aos padrões de cooperação, ou como são as práticas e resultados de escrita colaborativa para os diferentes tipos de usuários. A pesquisa mostra dados sobre os verbetes, relacionando o tamanho, a quantidade e a variedade de edições nos artigos com a qualidade dos mesmos. Os grupos mencionados anteriormente exercem funções diferentes na construção da Wikipédia, mas que se complementam. Enquanto os contribuidores passageiros tendem a incluir conteúdo específico em poucas edições sobre um determinado tema, os membros centrais trabalham em mais áreas, se envolvem nas páginas de discussão e realização correções formais.

Apesar de ser uma pesquisa de quase uma década atrás e em outro país, ainda é importante se debruçar sobre esses resultados e pensar no que eles significam e como funciona ou pode funcionar a versão lusófona da Wikipédia na propagação de conteúdo científico.

Essa pesquisa foi feita como parte do projeto Autograph, um projeto de pesquisa sobre auto-organização em grandes grupos cooperativos online, envolvendo diversas instituições francesas. Os autores fazem parte da Escola Nacional Superior de Telecomunicações (ENST) e do Laboratório de algoritmos de computação: fundamentos e aplicações (LAIFA).


A imagem colocada acima está disponível em licença aberta. Acesse: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Openness_in_archaeology.svg

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s