Iniciativa NeuroMat no Wikimedia Commons, o maior repositório de mídias sob licenças abertas da internet

Por Célio Costa Filho

No último mês de março o NeuroMat divulgou em sua Newsletter sua iniciativa wiki para o ano de 2016, que dentre outras atividades buscará aprimorar o conteúdo de artigos sobre matemática na Wikipédia em português (leia mais aqui). Contudo, tal iniciativa não se restringirá à Wikipédia, a famosa enciclopédia que se tornou ao longo dos anos um dos 10 websites mais visitados do mundo. Em sua busca pela difusão e pelo aprimoramento do conteúdo científico na Internet, as iniciativas do NeuroMat compreendem ainda outros projetos análogos à referida enciclopédia, como o Wikimedia Commons, ou simplesmente “Commons”. Trata-se de um enorme repositório online de arquivos de mídia, abarcando imagens, áudio e vídeos licenciados abertamente para que qualquer pessoa possa utilizá-los nos mais diversos contextos. Por se tratar de um projeto Wikimedia, o repositório serve como central de arquivos de mídia para Wikipédias nas mais diversas línguas, ou seja, uma imagem carregada sobre um político ou cientista eminente pode figurar em múltiplos artigos em diferentes idiomas. Até o primeiro semestre de 2016, o Commons mantinha mais de trinta milhões de arquivos distintos, contabilizando ainda mais de 100 milhões de edições.

Mas afinal, qual seria a contribuição do NeuroMat para um projeto como o Commons?

Para responder a essa questão, basta observar o histórico de atividades promovidas pelo NeuroMat registradas no próprio site do centro de pesquisa. São inúmeros workshops, seminários e eventos internacionais que produzem vasto material fotográfico, artigos científicos, papers e até mesmo vídeos que, sempre quando puderem ser licenciados de forma aberta (entenda mais sobre licenças abertas aqui), podem ser grande valia não apenas como conteúdo e para a comunidade dos projetos Wikimedia, mas para uma efetiva prática da chamada difusão científica, tornando-se acessíveis e compreensíveis para um universo de leitores sensivelmente maior que aqueles do mundo acadêmico. Tome-se, por exemplo, o vídeo produzido pelo NeuroMat intitulado “Spike sorting: an ontology droplet”. O vídeo foi licenciado de forma aberta, adotando uma licença Creative Commons do tipo “CC-BY-SA”, ou seja, exigindo apenas a citação e a necessidade de que as obras dele derivadas mantenham uma licença análoga. Após sua publicação, o vídeo protagonizado pelo cientista francês Christophe Pouzat foi selecionado como “Mídia do Dia” do projeto, figurando desse modo na página principal do Wikimedia Commons e visualizado por milhares de pessoas.

Assista ao vídeo aqui.

As possibilidades de contribuição e sinergia entre os referidos projetos, considerando o comprometimento do NeuroMat com a ciência aberta e a difusão científica, são inúmeras. Pense por exemplo na quantidade de cientistas de relevância nacional e internacional que circulam pelos eventos promovidos e suas potenciais contribuições para o mundo do conhecimento livre, alinhando-se não apenas às iniciativas do próprio NeuroMat, mas àquelas de projetos como o Open Source Brain e de revistas científicas de nome internacional como a PLOS ONE, que também adota uma licença padrão aberta para os artigos nela publicados. Todas essas iniciativas são passos concretos dados em direção a uma prática efetiva da chamada ciência aberta, que preconiza que as ferramentas e os dados utilizados pelos cientistas sejam disponibilizados publicamente para ampliar seus benefícios a toda a sociedade.

Acesse à página do NeuroMat no Wikimedia Commons:

https://commons.wikimedia.org/wiki/NeuroMat

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s