Introdução na homenagem ao Prof. Ernesto Hamburger

fernando_paixao
Prof. Fernando da Paixão, do Instituto de Física da UNICAMP (foto disponível no Wikimedia Commons).

 

Por Fernando da Paixão

(Intervenção na mesa-redonda “Desafios da Difusão Científica: homenagem a Ernesto Hamburger”, realizada em 9 de junho de 2016 pelo CEPID NeuroMat.)

São um prazer e uma honra participar desta mesa em homenagem ao professor Ernesto Hamburger numa atividade planejada pelo Centro de Pesquisa, Inovação e Difusão em Neuromatemática (CEPID NeuroMat). O professor Hamburger foi o primeiro responsável pelo planejamento e  implementação da disseminação desse centro de excelência da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP), criado em 2013. Esta mesa, cujo título oficial é “Desafios da difusão científica: homenagem a Ernesto Hamburger”, busca ressaltar a atuação do professor Hamburger em áreas onde teve destaque, Ensino e Divulgação da Ciência.

O professor Hamburger fez o seu doutoramento em Física Nuclear em 1959, tornou-se professor catedrático na Universidade de São Paulo em 1968 e membro da Academia Brasileira de Ciências em 1963. Em sua atividade docente na universidade, envolveu-se com o ensino e, especialmente a partir dos anos 70, esse envolvimento tornou-se mais intenso, com grande dedicação às áreas de Ensino e Difusão da Ciência. Prêmios importantes como o José Reis do CNPq, o Kalinga da Unesco e o da Rede Pop, entre outros, indicam o seu reconhecimento pela comunidade nacional e internacional.

Melhor do que discorrer sobre essas honrarias é ouvir, agora ler, os depoimentos dos demais membros desta mesa. Neles, vocês poderão avaliar a importância do Professor Hamburger em situações bem distintas. O Professor André Frazão Helene fala do primeiro curso feito na Estação Ciência, quando ainda era aluno de escola pública. A Professora Martha Marandino fala sobre as áreas de Museus. O Professor João Alexandre Peschanski aborda a concepção da difusão do CEPID NeuroMat e o uso das novas tecnologias. (Faltou infelizmente a contribuição da Profa. Mariluce Moura, que esteve presente na mesa-redonda e falou sobre jornalismo científico.)

É importante lembrar que a ação do Professor Hamburger continua sendo muito atual, necessitando cada vez mais do envolvimento da comunidade científica nas áreas de Ensino e Difusão da Ciência. O número percentualmente pequeno dos graduados nas diversas áreas de ciências são o sinal da necessidade e da atualidade de atuações como a do Professor Hamburger.


Este texto foi publicado originalmente pelo boletim Pensar a educação em pauta.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s