Imagem fruto da parceria entre NeuroMat e MAV é destaque do dia no Wikimedia Commons

captura-de-tela-2016-10-25-as-11-21-05
Imagem de potro miniatura taxidermizado como destaque do dia no Wikimedia Commons

Por Marília Carrera

Uma imagem de um potro miniatura desidratado, fruto da parceria entre o Centro de Pesquisa, Inovação e Difusão em Neuromatemática (CEPID NeuroMat), o Grupo de Usuários Wikimedia no Brasil e o Museu de Anatomia Veterinária da Universidade de São Paulo (MAV / USP), é destaque do dia no Wikimedia Commons.

A imagem do potro miniatura foi produzida pelo professor da USP Wagner Souza e Silva e editada de modo voluntário por Rodrigo Tetsuo Argenton, colaborador ativo dos projetos Wikimedia.

Hoje há 65 imagens de animais taxidermizados, esqueletos e modelos anatômicos carregadas no Wikimedia Commons, como parte da iniciativa GLAM (Galleries, Libraries, Archives and Museums) entre o MAV e o grupo de usuários Wikimedia no Brasil iniciada a partir de um projeto piloto em agosto de 2016 quando os membros envolvidos na organização da exposição Por Dentro do Cérebro atentaram para a possibilidade de difusão científica por meio das plataformas wikis.

O projeto piloto carregou quatro imagens no Wikimedia Commons, que foram bem recebidas pela comunidade do repositório de arquivos multimídias da Wikipédia (duas imagens foram eleitas imagens de alto valor e uma imagem foi nomeada para destaque do dia, tendo sido capa da página em 19 de setembro).

Com a iniciativa GLAM, os usuários do Wikimedia Commons podem tanto acessar imagens de elevado valor artístico e pedagógico quanto ajudar a melhor as fotos e as informações, também chamadas de metadados. O objetivo do MAV é contar com o apoio do Wikimedia Commons para aprimorar a catalogação do seu acervo e, consequentemente, facilitar ánalises, pesquisas e rastreamentos do seu material disponível.

De acordo com o texto Por que você deveria estar prestando atenção ao Wikidata e ao GLAM,  a melhor forma de coletar e acompanhar uma coleção de objetos de patrimônios culturais é descrever esses materiais com informação estruturada, chamada de metadado. GLAMs usam vários padrões diferentes para coletar esses dados porque isso faz com que o uso e busca dessas coleções seja mais fácil no seu contexto local.

Segundo ainda o texto Por que você deveria estar prestando atenção ao Wikidata e ao GLAM, com a internet, o acesso a essas coleções de dados pode acontecer no mundo todo. GLAMs perceberam que suas coleções se tornam mais úteis e reutilizáveis quando elas estão intensamente ligadas com outras coleções ao redor do mundo. A criação de dados estruturados para suas coleções aumenta o impacto no público.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s