Revista da Faculdade Cásper Líbero destaca trabalho de wiki-difusão do CEPID NeuroMat

Bolsista FAPESP Marília Carrera, em gravação de áudio de artigo da Wikipédia. Créditos:
Bolsista FAPESP Marília Carrera, em gravação de áudio de artigo da Wikipédia. Créditos: Giulia Gamba/Wikimedia Commons/CC BY-SA 4.0

Por Marília Carrera

A edição de dezembro de 2016 da Revista Cásper, feita pelos estudantes de Jornalismo da Faculdade Cásper Líbero, traz uma matéria sobre o uso da Wikipédia como ferramenta de ensino. O texto Conhecimento Livre foi escrito pela repórter Giulia Gamba.

A matéria destaca as iniciativas do professor de Ciência Política da Faculdade Cásper Líbero e supervisor de comunicação do Centro de Pesquisa, Inovação e Difusão em Neuromatemática (CEPID NeuroMat) João Alexandre Peschanski ao incentivar o uso da Wikipédia entre estudantes e pesquisadores. “Visualizei a possibilidade de um aluno deixar de escrever simplesmente para o professor para ter um impacto no mundo. O aprendizado também se torna um ensino, e é um ensino colaborativo”, afirma o professor, em entrevista à Revista Cásper.

A reportagem também lembra que o Ano da Ciência promovido pela Wiki Education Foundation em 2016 e praticado pelo CEPID NeuroMat encorajou cientistas e pesquisadores a editarem a Wikipédia. Com 90% da população analfabeta científica, iniciativas como o Ano da Ciência ajudam a estimular o compartilhamento do conhecimento e a pesquisa no Brasil. De acordo com a Revista Cásper, quanto mais especialistas participam da edição de verbetes, maior a confiabilidade e a qualidade das informações da Wikipédia.

O texto ainda mostra como a jornalista Marília Carrera começou a se interessar pela wiki–pedagogia quando era aluna do professor Peschanski. Em 2014, os estudantes de Jornalismo da Faculdade Cásper Líbero tiveram de editar verbetes sobre mortos e desaparecidos durante a ditadura militar para a disciplina de Ciência Política. Em 2016, Marília tornou–se bolsista FAPESP do CEPID NeuroMat com o projeto de pesquisa Matemática Falada: Audiodescrição de Verbetes de Probabilidade e Estatística na Wikipédia. “É uma forma de empoderamento, dos alunos saberem que eles podem usar o site para estudar e contribuir com a ciência aberta”, afirma a jornalista, em entrevista à Revista Cásper.

Em 2016, o jornalista David Alves também tornou–se bolsista FAPESP do CEPID NeuroMat com o projeto de pesquisa  Projeto de Wiki-Difusão de Neuromatemática. Assim como Marília, David foi aluno do professor Peschanski e editou verbetes sobre mortos e desaparecidos durante a ditadura militar para a disciplina de Ciência Política.

Novos paradigmas em sala de aula

A matéria chama atenção para como a wiki–pedagogia pode incentivar a postura ativa do estudante na construção do conhecimento, tornando-se editores da enciclopédia virtual mais acessada do mundo. Com a Wikipédia, os estudantes podem desenvolver habilidades importantes relacionadas à área acadêmica e às novas tecnologias e também contribuir para o compartilhamento e a produção global de informação.

“Quando os estudantes escrevem, para a Wikipédia, eles estão ganhando importantes habilidades do século XXI como pesquisa, escrita, pensamento crítico, experiência com as mídias e práticas de comunicação”, afirma a diretora de programas da Wiki Education Foundation LiAnna Davis. Em 2010, foi fundado o programa da Wiki Education Foundation com 200 alunos para incentivar o uso da Wikipédia como ferramenta de ensino nos Estados Unidos.

Entretanto, a reportagem pondera que iniciativas acadêmicas voltadas para tecnologias como a Wikipédia são desvalorizadas no Brasil, devido à desconfiança da população sobre os conteúdos digitais e aos métodos tradicionais de ensino. Enquanto os trabalhos realizados pelos estudantes nos métodos tradicionais com a centralização na figura do professor de ensino são limitados ao docente e ao discente, os trabalhos realizados pelos estudantes nos métodos inovadores de ensino com o uso de novas tecnologias em sala de aula são compartilhados com milhares de pessoas.

Segundo a Revista Cásper, nos últimos sete anos 5 mil estudantes adicionaram mais de 25 milhões de palavras em verbetes. Somente no Ano da Ciência, em que instituições norte-americanas incentivam a criação de cursos para que estudantes e professores produzam conteúdo científico na Wikipédia, 6.018 alunos incluíram mais de 3 milhões de palavras em verbetes e editaram mais de 4 mil artigos (foram criados 346 artigos novos). O resultado foram mais de 116 milhões visualizações na Wikipédia em 2016.

 

Anúncios

Uma consideração sobre “Revista da Faculdade Cásper Líbero destaca trabalho de wiki-difusão do CEPID NeuroMat”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s