Por dentro do cérebro: segundo vídeo da Neuromatemática Representada

Por Giulia Ebohon

O MAV (Museu de Anatomia Veterinária), em parceria com o Cepid NeuroMat, está organizando a exposição Por Dentro do Cérebro, que se propõe a explicar a relação entre a massa corporal e a masssa cerebral de animais, bem como entender o formato e organização do cérebro diante da história evolutiva de cada espécie.

Continue Lendo “Por dentro do cérebro: segundo vídeo da Neuromatemática Representada”

Algoritmos e insultos: Aumentando nossa compreensão sobre o assédio na Wikipédia

*Por Ellery Wulczyn, Fundação Wikimedia; Dario Taraborelli, Fundação Wikimedia; Nithum Thain Jigsaw, pesquisador e Lucas Dixon Jigsaw, pesquisador principal

Uma colaboração de pesquisa com a incubadora de tecnologia Jigsaw está nos ajudando a entender melhor e explorar soluções técnicas para o assédio na Wikipédia. “O que você precisa entender é que a Wikipédia não é lugar para uma mulher” – Um comentário anônimo na página de um usuário do talk, março de 2015.

Continue Lendo “Algoritmos e insultos: Aumentando nossa compreensão sobre o assédio na Wikipédia”

Retrospectiva: A III Maratona de Edição em Neurociência e Matemática

Por Lucas Nascimento

O CEPID NeuroMat realizou em março a sua terceira maratona de edição na Wikipédia. O evento, voltado para os temas Neurociência e Matemática, aconteceu no laboratório de computação, na própria sede do centro, na USP. As maratonas de edição, também chamadas de editatonas, integram usuários experientes e iniciantes com a finalidade de interagirem entre si para editarem, ou até mesmo criarem, verbetes na Wikipédia em português.

Continue Lendo “Retrospectiva: A III Maratona de Edição em Neurociência e Matemática”

A experiência de atuar junto ao CEPID NeuroMat e ao MAV (Museu de Anatomia Veterinária)

640px-TDCWeb20_(day_01)_03
Treinamento em Difusão Científica em Web 2.0 realizado no CEPID NeuroMat (crédito: wikimedia Commons)

 

Por Lucas Nascimento 

Sou Lucas Nascimento, aluno de licenciatura em matemática no IME/USP.  Contribuo com os trabalhos realizados pela equipe de difusão do CEPID NeuroMat e participo mais ativamente do GLAM, uma parceria desenvolvida entre o NeuroMat e o MAV (Museu de Anatomia Veterinária) da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da USP.

Continue Lendo “A experiência de atuar junto ao CEPID NeuroMat e ao MAV (Museu de Anatomia Veterinária)”

Revista Pesquisa FAPESP: Relação Delicada

sculpture-2013048_1280
(crédito: pixabay/Couleur)

Por Redação*

Em 1935, o poeta Fernando Pessoa resumiu as razões pelas quais arte e ciência habitaram mundos distintos por gerações e gerações. Para ele, enquanto a ciência descrevia as coisas como elas eram, a arte descrevia as coisas como elas eram sentidas. À luz do novo milênio, entretanto, o poeta certamente enxergaria um novo cenário, em que ciência e arte passam a ter objetivos comuns.

Continue Lendo “Revista Pesquisa FAPESP: Relação Delicada”

Revista Pesquisa FAPESP: Loucura artística

red-2191601_1280
(crédito: pixabay/kh89)

Por Alexandre Agabiti Fernandez*

O cinema se presta, mais do que qualquer outra forma de arte, à representação de transtornos mentais. Paranoicos, psicóticos e outros transtornados fascinam ou perturbam o espectador porque a loucura interrompe a ordem imanente do mundo e as modalidades habituais de percepção deste. Cinema e loucura – Conhecendo os transtornos mentais através dos filmes (Artmed), de J. Landeira-Fernandez e Elie Cheniaux, é a primeira obra publicada entre nós a classificar sistematicamente os distúrbios mentais de personagens cinematográficos.

Continue Lendo “Revista Pesquisa FAPESP: Loucura artística”

Revista Pesquisa FAPESP – Arthur Miller: As representações da simultaneidade

art-1478833_1280
(crédito: pixabay/freephotocc)

 

Por Mariluce Moura*

À primeira vista parece difícil estabelecer paralelos entre Einstein e Picasso – não, entretanto, para Arthur Miller, autor entre outros livros de Einstein, Picasso: space, time and the beauty that causes havoc (Basic Books, 2001). Porque se para o senso comum nada faria convergir essas duas personagens, afora talvez o fato de terem ambos sido grandes faróis a iluminar a construção do conhecimento e da cultura no século XX, e mais a coincidência de terem vivido cada um o seu período de mais intensa criatividade entre 1902 e 1909, para Miller isso é apenas um ponto de partida que lhe permite relacionar estreitamente o percurso criativo daqueles que define como o cientista e o artista mais importantes do século passado.

Continue Lendo “Revista Pesquisa FAPESP – Arthur Miller: As representações da simultaneidade”