Minha experiência no NeuroMat

TDCWeb20_(day_01)_05
Éder Porto. Créditos: Sturm/Wikimedia Commons/CC BY-SA 4.0
Por Éder Porto
893 edições em artigos da Wikipédia, 127 artigos criados e/ou traduzidos, 6 predefinições e 1 portal. 368 edições no Commons, 119 imagens, 10 videos traduzidos e 11 posts. 163MB de arquivos. Esse é o meu saldo de quase 12 meses de trabalho dentro do NeuroMat.

Mais do que produção de trabalho, estes números representam um achievement pessoal/acadêmico: Conseguir utilizar conhecimentos adquiridos ao longo de anos de estudo em algo visível. Olá, me chamo Éder, tenho 22 anos de idade e sou bolsista do NeuroMat. Meu trabalho principal dentro do laboratório é suprir os verbetes da Wikipédia que a equipe está trabalhando com imagens e gifs animados que expliquem um conceito apresentado no verbete de forma clara e compreensível, sem perder a formalidade que os temas exigem.
Majoritariamente esse conteúdo está relacionado com matemática, mas com as parcerias do laboratório com museus, eu acabei trabalhando também em imagens de outras áreas.
Dos 11 artigos melhorados até agora pela equipe do NeuroMat que foram ou estão em votação para serem destacados pela comunidade da Wikipédia, 9 possuem ao menos um gif animado criado por mim ou ao menos uma imagem que traduzi, que atuam como complemento visual do trabalho da equipe. Todos esses gifs apresentaram algum desafio na criação, seja na melhor ferramenta para executá-los, seja na adaptação às limitações da plataforma Commons, que envolveu desde o número de frames a dimensão dos gifs, ou mesmo o melhor design para a visualização.
A utilização de imagens, gifs e vídeos como ferramenta didática de ensino da matemática e áreas correlatas é muito benéfica, pois sai do ensino tradicionalmente mecânico e dá uma visualização a conceitos muitas vezes abstratos, o que facilita ainda mais a compreensão do estudante, juntamente com o texto bem escrito dos verbetes. Como exemplo disso há o gif usado no verbete da Lei dos grandes números, que é um conceito muito importante na estatística e foi adaptado à apresentação de repetidos sorteios de bolas de uma urna.
Outro gif interessante é o do modelo de Galves-Löcherbach, que é a visualização tridimensional dos disparos neuronais do cérebro simulados sob este modelo pela equipe do NeuroMat, que já foi Mídia do dia no Commons em novembro de 2016.
O melhor jeito de aprender é ensinar, esse é um pensamento que eu tomo como norte na minha vida acadêmica. Todo esse trabalho no NeuroMat tem ajudado a fixar o meu aprendizado através da prática e da adaptação desse conhecimento para a melhor forma de apresentar um conceito. Para debater a melhor forma de apresentar um conceito matemático é sempre bom que você entenda um pouco mais esse conceito, então isso me força a relembrar meus estudos, procurar fontes e pensar na melhor forma de explicar esses conceitos, o que é muito bom para a minha formação enquanto graduando, pois é algo que é exigido na graduação, mas não é ensinado de forma plena, e penso que consegui, nesse período dentro do projeto, maior proficiência nesses aspectos para ser um melhor estudante, não só na faculdade, mas fora dela também.”
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s