O grande projeto na Wikipédia “Mulheres na geologia”

Por Glenn Dolphin*

Meu nome é Glenn. Fui contratado pela Universidade de Calgary para seu Departamento de Geociências há quase quatro anos. Sou professor de geociências. Sou bacharel e mestre em geologia, mas meu doutorado foi em ensino de ciências. Eu pesquiso aprendizado em salas de aula de geologia, especialmente como usar a história da ciência para falar sobre conteúdos e processos científicos. Dou aulas de disciplinas introdutórias para uma grande quantidade de alunos (300 a 400 inscritos). Em resposta à literatura que afirma que disciplinas que se baseiam apenas em aulas expositivas não são muito eficazes em facilitar o aprendizado dos alunos, decidi transformar minha disciplina introdutória de geologia para não-alunos de graduações em ciências em um ambiente de aprendizado mais ativo. Incorporei algumas estratégias para conseguir isto, por exemplo, dividir a classe inteira em pequenos grupos, usar tempo de aula para pequenos exercícios de escrita e discussões em grupo, um projeto a curto prazo na Wikipédia, bem como outra iniciativa a longo prazo na enciclopédia on-line.

Eu reestruturei completamente a tradicional disciplina introdutória a fim de destacar três enredos: “a terra é uma entidade histórica”, “esta história é muito, muito longa” e “a terra é um sistema dinâmico”. Em geral, eu apresentei o conteúdo de uma maneira historicamente contextualizada. Ao fazer pesquisas para a disciplina, ficou bastante claro que, embora haja muitas contribuições de mulheres à geologia, o registro dessas contribuições era extremamente precário.

Durante a fase de planejamento da disciplina, li uma publicação sobre o Ano da Ciência na Wikipédia. Entrei em contato com o grupo Wiki Education e perguntei como poderia incorporar a Wikipédia às minhas aulas. Descobri que quando os alunos estão produzindo algo para o “mundo real”, não só para o professor, eles se esforçam muito mais em garantir a qualidade. Falei com Samantha sobre como fazer com que os alunos produzissem algo que fosse para além da disciplina. Sua confiança e entusiasmo me convenceram de que, embora a disciplina fosse inteiramente nova, adicionar ao programa este projeto particular não seria oneroso. De fato, não foi.

Eu elaborei dois projetos diferentes. O primeiro era obrigatório para todos os pequenos grupos na disciplina e consistia em fazer uma pequena contribuição em uma página da Wikipédia sobre uma “mulher em geologia”. O segundo era um projeto a longo prazo com o mesmo foco, mas baseado em contribuições mais substanciais. No início, eu estava hesitante em incorporar estes novos projetos, já que não tinha experiência com edição na Wikipédia e realmente não queria ter muito mais trabalho com que me preocupar. Esta também foi a maior sala com que a Wiki Ed já trabalhou (355 alunos). Eles estavam realmente ansiosos para ver se poderiam apoiar tal esforço. Eu me encontrei (virtualmente) com Helaine e Ian, que me garantiram que seriam minha equipe de apoio caso eu encontrasse dificuldades. Eles não me decepcionaram.

Eles me ajudaram a construir a estrutura do curso na Wikipédia, quais treinamentos divulgar, como gerenciar o tempo dos projetos e de que forma avaliar as atividades. Quando chegou a hora da execução dos projetos, eu apenas direcionei os alunos à página do curso na Wikipédia e não tive mais preocupações. Durante a execução dos projetos, a Wiki Ed também instituiu um mecanismo que possibilitava ver as contribuições de cada aluno em várias páginas wiki. Isto foi incrivelmente útil para avaliar o trabalho dos alunos em cada um dos projetos.

Eu recebi muitas opiniões positivas sobre as avaliações, porque apesar de algumas restrições, os estudantes receberam muita liberdade. O curso era voltado principalmente para não-alunos de graduações em ciências, então, se quisessem, poderiam se concentrar na obra de uma geóloga ou em algum outro aspecto de sua biografia relacionado à ciência (por exemplo, forças sociais e políticas ou viés de gênero). Uma aluna da turma, que estuda comunicações e trabalha na imprensa, tomou a decisão de encontrar uma das geólogas que ainda estava viva. Ela telefonou para ela e fez uma entrevista para o projeto. A estudante disse que foi uma ótima experiência integrar sua experiência em comunicações a um curso de ciências (dentre outras coisas) e desenvolver este novo conteúdo para um público muito mais amplo do que se esperaria normalmente em um curso de introdução à ciência.

Ao fim de ambos os projetos, editamos mais de 80 páginas diferentes sobre mulheres em geologia e criamos quase 40 páginas. Os alunos ficaram muito entusiasmados com alguns aspectos. Em primeiro lugar, eles estavam fazendo algo que qualquer pessoa no mundo poderia ver, e, em segundo lugar, poderiam realmente criar algo que ainda não existia e que também estaria disponível para o mundo inteiro ver. No momento em que este texto foi escrito, aqueles 83 artigos tinham quase 300 mil visualizações. Quando nossa faculdade de ciências ficou sabendo do projeto e de seu sucesso, eles publicaram uma história sobre a iniciativa no informativo da universidade.

Glenn Dolphin é professor do Departamento de Geociências da Universidade de Calgary. Neste texto, ele fala sobre quando pediu a estudantes que contribuíssem com a Wikipédia em sua disciplina de Introdução à Geologia no outono de 2016.

Imagem: The Wikipedia project.jpg, por Susan Cannon, CC BY-SA 4.0, via Wikimedia Commons.

*Este texto foi originalmente publicado no site da Wiki Education Foundation em 5 de abril de 2017.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s