Revisão: Economia Política

Por Cassidy Villeneuve*

Qual é a natureza da relação entre política e economia? Como nossas vidas são influenciadas por esta intersecção? Estas são questões exploradas pela disciplina de Economia Política do Professor Mark Cassell entre setembro e dezembro do ano passado na Universidade Estadual de Kent. Seus alunos ampliaram significativamente artigos existentes e criaram novos como parte de sua atividade com Wikipédia.

A armamentização das finanças se refere ao uso de sanções e outras retenções de poder econômico como parte das relações exteriores. É uma estratégia diplomática de negociação que frequentemente não depende da ação militar. Na política externa dos Estados Unidos, a armamentização econômica ocorre ao limitar o acesso de outros países aos bancos e mercados financeiros dos EUA. A armamentização financeira também é usada pela Organização das Nações Unidas para efetuar mudanças políticas. As sanções são uma forma particularmente direta de armamentização financeira. Elas assumem a forma de sanção comercial — excluindo um país dos mercados de importação ou exportação — ou de retenção financeira — bloqueando os ativos de um governo e limitando o acesso de um país aos mercados mundiais. As consequências morais da armamentização econômica são debatidas, pois sanções e outras intervenções podem prejudicar os cidadãos dos países afetados e potencialmente causar violações dos direitos humanos.

O novo artigo sobre os Princípios da Economia Política do economista político britânico Thomas Malthus pode dizer muito sobre o famoso livro de economia política escrito em 1820. Nesta obra, Malthus explica por que as depressões econômicas europeias ocorrem e como o preço e o valor nos mercados em flutuação influenciam os consumidores. Ele também desenvolve seu conceito de demanda efetiva, que se tornou importante na economia keynesiana posteriormente. Ele postula que os consumidores são influenciados pelo preço de um bem e decidem comprar ou não comprar dependendo deste preço. Malthus também argumenta que as economias tendem a avançar para a depressão porque a produtividade avança mais rapidamente do que a demanda.

Outro novo artigo, sobre as Guerras entre Cooperativas de Alimentos de Minnesota, pode contar sobre a política cooperativa na região das Cidades Gêmeas [Minneapolis e Saint Paul] durante a década de 1970. O conflito surgiu em torno de diferentes opiniões sobre o propósito a que estes grupos comunitários deveriam servir. Um ponto central de disputa era se estas cooperativas focadas em alimentos orgânicos deveriam ter uma organização centralizada ou uma abordagem descentralizada, popular na época. Um grupo que promoveu uma abordagem nova e centralizada, a Cooperative Organization (CO), propôs que as cooperativas não fossem apenas uma alternativa centrada na comunidade ao setor de supermercados, mas também “uma força centralizada para unir a classe trabalhadora contra a classe capitalista.” Sua filosofia emergente incorporou as ideologias marxista e maoísta e entrou em confronto com práticas típicas de cooperativas da época. Em pouco tempo, o conflito aumentou, com a CO ocupando violentamente espaços administrados por cooperativas concorrentes. As guerras chegaram ao fim no início dos anos 80 com o declínio da cena cooperativa. Embora haja um estigma persistente contra as cooperativas entre gerações mais antigas da região, o Minnesota ainda é um dos estados com as maiores cooperativas de alimentos nos Estados Unidos.

Quer saber mais sobre o ensino com a Wikipédia e o suporte gratuito que oferecemos? Visite teach.wikiedu.org para saber mais ou entre em contato por contact@wikiedu.org para perguntas.

Cassidy Villeneuve é colaboradora da Wiki Education Foundation.

Imagem: Maritime Fur Trade-WorldContext.png, por JohnnyMrNinja, CC BY-SA 3.0, via Wikimedia Commons.

*Este texto foi originalmente publicado no site da Wiki Education Foundation em 12 de fevereiro de 2018.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s