Como se comportam as comunidades no Twitter?

* Por: Monique Sampaio

Na última semana me dediquei a escrever sobre as pesquisas em desenvol-vimento do Grupo de Pesquisa sobre Redes Sociais do Cepid Neuromat. Para isso, entrevistei três dos integrantes: Renata Prôa, Kadmo Laxa e Eduardo Janotti.

Em termos gerais, as pesquisas têm se concentrando em torno da compreensão da construção de rede de influências no Twitter, chamadas de “comunidades”. A análise está sendo realizada em torno de informações de tweets que contém a hashtag: #CPIDACOVID. No total, o conjunto de dados corresponde a aproximadamente 80o mil twets.

Diferentemente de pesquisas com cunho sociológico que se baseiam nas análises discursivas dos materiais retirados das redes sociais, as pesquisas realizadas pelo Cepid Neuromat visam compreender estatisticamente como se comportam os usuários e de que forma as suas respectivas redes de influências atuam.

O texto, ainda em produção, abarca mais detalhadamente os trabalhos estastísticos que vem sido desenvolvidos, bem como as hipóteses geradas e testadas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: