Novas Mídias na Construção de Projetos Museológicos: o novo projeto do NeuroMat

Giovanna está em pé, em frente a uma lousa digital, onde está um slide com o título de seu projeto: "novas mídias na construção de projeto museológicos"
Giovanna Fontenelle apresentando o seu projeto de pesquisa no NeuroMat (Crédito: Wikimedia Commons/Joalpe – Own work, CC BY-SA 4.0)

Por Giovanna Fontenelle

Olá,

Meu nome é Giovanna Fontenelle, sou jornalista formada pela Faculdade Cásper Líbero em 2017 e estudante de História na Universidade de São Paulo. Em fevereiro, integrei a equipe de difusão científica do NeuroMat com o intuito de atuar na digitalização dos acervos de museus ou exposições.

Este trabalho é composto de duas fases: o upload de imagens no Wikimedia Commons e a melhorias dos verbetes no Wikipédia sobre obras de arte. Especialmente, no momento, estou atuando com o conteúdo relacionado ao Museu Paulista.

A intenção das minhas atividades práticas é promover a melhoria da educação através da Arte, principalmente por meio de obras que relatam acontecimentos históricos. O Novas Mídias na Construção de Projetos Museológicos, meu projeto teórico, por outro lado, vai mais longe e pretende discutir o papel da museologia e da difusão da obra de arte na internet e na web 2.0, quando a reprodução e o compartilhamento são livres e acessíveis de qualquer lugar.

Ainda no nível teórico, o meu artigo descreverá e comparará duas plataformas que atuam constantemente com este intuito: o Google Art Project, o site do Google que oferece visitas virtuais a diversos museus pelo mundo; e o GLAM, projeto Wiki que ajuda a melhorar os temas relacionados à arte no site, através de parcerias com museus e outras instituições. Como um estudo de caso, usaremos o trabalho realizado pelas duas plataformas no Museu Paulista.

As minhas atividades contam com a supervisão dos professores Fernando da Paixão e João Alexandre Peschanski. São elas:

Atividades práticas

  1. Auxiliar na digitalização do acervo de exposições, galerias e museus parceiros do NeuroMat. O objetivo é coordenar mensalmente o carregamento de cinquenta itens do CEPID NeuroMat na plataforma Wikimedia Commons e quando pertinente coordenar o carregamento de metadados associados na plataforma Wikidata;
  2. Participar da promoção e registro de pelo menos duas reuniões vinculadas ao projeto de exposição do CEPID NeuroMat;
  3. Manter um espaço de controle de conteúdo museológico de interesse ao CEPID NeuroMat, com o objetivo de ter uma página na internet para centralizar os esforços na área de exposição do CEPID NeuroMat;
  4. Publicar um artigo em um meio de comunicação de público amplo sobre a importância da plataforma Wiki ou novas mídias de modo mais geral para a difusão de conhecimento e digitalização de acervos de galerias, arquivos e museus;
  5. Manter com pelo menos uma postagem por semana o blog “Traço de Ciência”, sobre difusão científica do NeuroMat, em língua portuguesa.

Atividades teóricas

  1. Elaboração de um artigo de pesquisa sobre iniciativas GLAM, em vista de uma publicação acadêmica a ser submetida no contexto da bolsa;
  2. Produção de um artigo de pesquisa sobre novas mídias e museologia, em vista de uma publicação acadêmica a ser submetida no contexto da bolsa;
  3. Composição de um relato de experiência da atividade da bolsa, a ser eventualmente elaborado e submetido com a renovação da bolsa por mais seis meses;
  4. Acompanhamento de formação em difusão científica em especial com a realização de um Curso de Introdução ao Jornalismo Científico e de um programa de estudo específico elaborado pelo supervisor científico.

A minha primeira aproximação ativa com a Wikipédia foi através das aulas do professor Peschanski, no meu terceiro ano de graduação em Jornalismo, na disciplina de Ciência Política. Este contato ocorreu devido a um trabalho do curso em que os alunos precisavam contribuir com edições sobre patrimônios históricos na cidade de São Paulo. Neste projeto, o verbete que produzi foi sobre o Conjunto das Antigas Instalações da Escola Politécnica.

Durante o trabalho, me interessei bastante pela discussão em torno das tecnologias 2.0, em especial o aspecto colaborativo, de remix. Este interesse me levou a participar de eventos do NeuroMat, como o Treinamento em Difusão Científica em Web 2.0.

Anúncios

Compartilhe sua fotografia com o mundo pelo aplicativo Wikimedia Commons para Android

Por Josephine Lim*

Nestes tempos, muitas pessoas usam o celular como sua câmera principal. No entanto, isto pode representar um problema para os wikimedistas quando eles querem fazer o upload de suas imagens para o Wikimedia Commons – eles transferem os arquivos para um computador normal, tentam negociar com as versões móveis das páginas ou procuram juntos outra solução?

Continue Lendo “Compartilhe sua fotografia com o mundo pelo aplicativo Wikimedia Commons para Android”

Do Metropolitan, 375.000 janelas para a história da arte e isto é apenas o começo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Por Richard Knipel*

Richard Knipel, Wikimedista em residência no Metropolitan Museum of Art em Nova York [também conhecido como Metropolitan ou Met], analisa os esforços realizados e os planos para apoiar ainda mais a colaboração entre o museu e o movimento Wikimedia.

Continue Lendo “Do Metropolitan, 375.000 janelas para a história da arte e isto é apenas o começo”

Uma visita ao Museu de Anatomia Veterinária da USP

640px-Capybara_skeleton
Esqueleto de uma Capivara em exibição no Museu de Anatomia Veterinária FMVZ USP (crédito: Wikimedia Commons/Wagner Souza e Silva)

Por Giulia Ebohon

O Museu de Anatomia Veterinária da USP (MAV FMVZ/ USP), por meio de uma parceria com o CEPID NeuroMat, está organizando uma exposição chamada Por Dentro do Cérebro, que busca abordar a relação entre a massa corporal e a massa cerebral de animais, assim como entender o formato e organização do cérebro diante da história evolutiva de cada espécie.

A exposição também é tema do segundo vídeo da pesquisa Neuromatemática Representada, o que motivou uma visita ao museu, aberto à visitação em 1984 com a missão de desenvolver atividades de pesquisa, ensino e extensão de serviços à comunidade nas áreas de morfologia e anatomia animal.

Continue Lendo “Uma visita ao Museu de Anatomia Veterinária da USP”

A experiência de atuar junto ao CEPID NeuroMat e ao MAV (Museu de Anatomia Veterinária)

640px-TDCWeb20_(day_01)_03
Treinamento em Difusão Científica em Web 2.0 realizado no CEPID NeuroMat (crédito: wikimedia Commons)

 

Por Lucas Nascimento 

Sou Lucas Nascimento, aluno de licenciatura em matemática no IME/USP.  Contribuo com os trabalhos realizados pela equipe de difusão do CEPID NeuroMat e participo mais ativamente do GLAM, uma parceria desenvolvida entre o NeuroMat e o MAV (Museu de Anatomia Veterinária) da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da USP.

Continue Lendo “A experiência de atuar junto ao CEPID NeuroMat e ao MAV (Museu de Anatomia Veterinária)”

Imagem de projeto GLAM do NeuroMat e MAV é eleita como destaque no Wikimedia Commons

skull_of_crocodile_crocodylidae
Crânio de crocodilo em exibição no Museu de Anatomia Veterinária, carregado no Wikimedia Commons em um Projeto GLAM com o CEPID NeuroMat. Créditos: Museu de Anatomia Veterinária da FMVZ USP / Wagner Souza e Silva

Por Lucas Belo

A parceria entre o Centro de Pesquisa, Inovação e Difusão em Neuromatemática (CEPID NeuroMat) e o Museu de Anatomia Veterinária da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da USP (MAV-FMVZ), com apoio do Grupo de Usuário Wikimedia no Brasil, está carregando no Wikimedia Commons imagens reconhecidas pela comunidade como de altíssima qualidade, tanto em termos técnicos como na relevância que certas imagens possuem em suas categorias. O mais recente resultado do projeto GLAM (do inglês, Galleries, Libraries, Archives and Museums) é a fotografia do crânio de crocodilo visto acima, que foi votada para imagem de destaque do repositório de mídia livre. Continue Lendo “Imagem de projeto GLAM do NeuroMat e MAV é eleita como destaque no Wikimedia Commons”

Por que você deveria estar prestando atenção ao Wikidata e ao GLAM

glam_lightpainting
Como um projeto colaborativo, o Wikidata está a procura de mais parceiros para completar bancos de dados. Cada uma das iniciativas dos autores precisa de ajuda para combinar dados de importantes coleções às entradas existentes no Wikidata ou para auxiliar a comunidade Connected Open Heritage (Patrimônio Aberto e Conectado, em inglês) a priorizar a próxima fonte de dados culturais a ser alvo de melhorias. Créditos: Ter-burg, CC BY-SA 4.0

Por Alex Stinson, Wikimedia Foundation, Sandra Fauconnier, Susanna Ånäs, Wikimedia Finland, Liam Wyatt, Europeana, Jane Darnell, TED
Tradução por Luna Fontes Maldonado

Quase todo o lugar para o qual se virava na Wikimania 2016 em Esino Lario, o encontro anual da comunidade da Wikipédia, podia-se ouvir sobre os dados estruturados na nova comunidade Wikimedia, o Wikidata.

O Wikidata abre quinze anos de coleção e curadoria de dados feita por voluntários para criar uma base de dados independente de idioma, interligada, aberta e estruturada que pode ser usada tanto por pessoas quanto por computadores. O Wikidata permite que as comunidades de voluntários libertem a verdadeira colaboração multilíngue e global da Wikipédia de forma que possamos classificar e descrever temas tão diversos quanto comida, pinturas e medicina para toda uma comunidade global, não só para um idioma ou região particular. Continue Lendo “Por que você deveria estar prestando atenção ao Wikidata e ao GLAM”