IV Encontro de Divulgação de Ciência e Cultura

Imagem-WnB
Créditos: Célio Costa Filho / Wikimedia Commons / CC BY-SA 4.0

Por Célio Costa Filho

Ao fim do último mês de abril, ocorreu nas dependências do Laboratório de Estudos Avançados em Jornalismo (Labjor/Unicamp) a quarta edição do Encontro de Divulgação de Ciência e Cultura. O tema selecionado neste ano foi “Resistências: perspectivas na Cultura, Ciência e Tecnologia”, que serviu de lastro para diversas mesas redondas, oficinas e apresentações orais que ocorreram ao longo dos dois dias de encontro. De acordo com o grupo de organizadores, que incluía o próprio Labjor e o MDCC (Mestrado em Divulgação Científica e Cultural), foram abordadas questões sobre o atual cenário da produção cultural, científica e tecnológica no país e discutiu-se acerca dos novos caminhos para a pesquisa acadêmica nessas áreas.

Continue Lendo “IV Encontro de Divulgação de Ciência e Cultura”

Revista Pesquisa FAPESP — Como a divulgação científica pode ajudar a dar visibilidade aos pesquisadores e às suas pesquisas

2000px-science-symbol-2-svg
Crédito: Wikimedia Commons/CC BY-SA 4.0

Por Marília Carrera

A relação entre os cientistas e os jornalistas melhorou no Brasil nas últimas duas décadas. Os pesquisadores têm reconhecido cada vez mais a importância da comunicação com o público e percebido que a divulgação dos seus trabalhados na imprensa pode aumentar a visibilidade das suas pesquisas e o seu prestígio entre os colegas. Os dados são do estudo publicado em março de 2016 nos Anais da Academia Brasileira de Ciências pela jornalista do Núcleo de Estudos da Divulgação Científica do Museu da Vida da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) Luisa Massarani e pelo cientista social e professor da Universidade Livre de Berlim Hans Peters.  As 19informações são da matéria À procura da visibilidade publicada em setembro de 2016 na revista Pesquisa FAPESP por Rodrigo de Oliveira Andrade.

Continue Lendo “Revista Pesquisa FAPESP — Como a divulgação científica pode ajudar a dar visibilidade aos pesquisadores e às suas pesquisas”